domingo, 3 de maio de 2015

Microsoft demonstra como funcionaria o HoloLens no nosso dia-a-dia Esperam-se mais novidades na E3 2015.

Resultado de imagem para o HoloLens
A Microsoft disponibilizou um vídeo de uma apresentação que fez recentemente do seu HoloLens, o dispositivo de realidade aumentada que marcará presença na E3 2015.
A ideia do vídeo é demonstrar-nos como veríamos os hologramas colocados na nossa casa se usássemos os óculos, graças a uma câmara preparada para imitar as funções do dispositivo.
Vale a pena verem o vídeo em baixo.

Criador da Xbox acredita que a PS4 vencerá esta geração de consolas Mas Ed Fries diz que será por uma unha negra.

Resultado de imagem para ps4 vs xbox one
Num artigo publicado no Business Journal, Ed Fries, que comandou a sua equipa na criação da primeira Xbox em 2001, disse que a Microsoft poderá perder a luta pelo trono da consola mais bem sucedida desta geração para a Sony.
Quando questionado sobre quem venceria esta nova geração, Fries respondeu, "Penso que será a PS4, por uma unha negra."
Fries que já não trabalha na companhia, contou que as coisas até poderão mudar com o futuro lançamento dos dispositivos de realidade aumentada e virtual, e que como as duas companhias apostam por abordagens diferentes em tecnologias emergentes tudo pode acontecer. Mas da forma como as coisas estão actualmente, ele não acredita que a Microsoft vá ser capaz de se aproximar dos números da sua grande rival.
A Xbox One teve um mau início e a PlayStation 4 tomou a liderança desde cedo. Apesar das vendas da Xbox One terem melhorado muito em parte devido às promoções no final do ano passado, os números mostram que a consola da Microsoft ainda está longe dos conseguidos pela consola da Sony.
"Os dois lados dizem coisas agradáveis e elogiam os jogos uma da outra," disse Fries. "Parece-me que nesta geração de consolas acabou-se grande parte do entusiasmo. A Microsoft está a ganhar um pouco de tracção, mas a PS4 ganhou vantagem muito cedo que será muito difícil de ser apanhada pela Microsoft."
Segundo ele, quando se fizerem as contas no final, a consola da Sony levará um pequeno avanço sobre a sua concorrente.

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Microsoft lança novo Visual Studio com apps universais, que rodam no Xbox, desktops e smartphones

A Microsoft está investindo muito na integração que o Windows 10 pode trazer e durante a Microsoft Build, que aconteceu ontem, a empresa anunciou o Visual Studio 2015. Dentre algumas melhorias, a maior novidade da nova versão é o suporte a apps universais, querodam em todos os dispositivos Microsoft, como Xbox, HoloLens, smartphones e desktops com Windows 10.
A nova versão do programa de desenvolvimento de softwares também vem com correções de bugs e melhorias na interface de usuário. O programa conta com novos recursos no Apache Cordova e um aumento na biblioteca C++, o que facilita a criação de aplicativos multi-plataforma. 
Além de investir na integração de suas próprias plataformas, a Microsoft também lançou o Visual Studio Code, um programa de codificação que roda no Windows, Mac e também no Linux. O objetivo da Microsoft com o Studio Code é aumentar a presença da empresadentro dos outros sistemas operacionais. O Visual Studio Code pode ser usado para desenvolvimento com C++, ASP.NET, PHP, Python, Java, entre outras linguagens. Suporte a padrões web – HTML, JavaScript e CSS, por exemplo – está incluso no pacote. A versão beta do programa está disponível para download neste link.
Com todos esses programas e integração entre sistemas, a Microsoft está criando sua API universal, que fará dispositivos diferentes conversarem e oferecerem uma melhor experiência de integração com o Windows 10. O novo sistema da Microsoft trará muitas novidades, nos PCs, smartphones, como a compatibilidade com aplicativos Android e iOS.

Shadow of Mordor: Edição Game of the Year será lançada para PS4, Xbox One e PC

Middle-earth: Shadow of Mordor ganhará uma edição “Jogo do Ano” no dia 5 de maio. Ela será lançada para  PlayStation 4, Xbox One e PC, não chegando aos videogames da geração anterior. O pacote trará o game original e todos os DLCs lançados para ele, entre eles o  Lord of the Hunt e Bright Lord. A versão “Game of the Year” terá preço sugerido de $49,99 (cerca de R$146,75, em conversão direta).
Shadow of Mordor ganhará edição Game of the Year com todos os DLCs (Foto: Divulgação)Shadow of Mordor ganhará edição Game of the Year com todos os DLCs
Shadow of Mordor foi eleito por diversos meios como o melhor jogo de 2014. Aqui no TechTudo ele ficou na segunda colocação, perdendo apenas para Far Cry 4. Muitos jogadores consideram o game como um dos melhores dentro do universo criado pelo escritor J. R. R. Tolkien.
O primeiro DLC lançado para Shadow of Mordor foi Lord of the Hunt, que chegou dia 16 de dezembro, e trouxe uma nova história envolvendo o personagem Torin, além de novos skins, runas e chefões. O segundo DLC lançado foi The Bright Lord, em 24 de fevereiro de 2015, que se passa milhares de anos antes dos acontecimentos do jogo principal. Esses conteúdos adicionais também trazem missões extras para o modo de história.
Fonte:Tech tudo

Conheça fã que cria vídeos para revelar super-realismo de Project CARS

Project CARS promete revolucionar os jogos de corrida. No dia 8 de maio, quando o título for lançado, os gamers de plantão vão finalmente matar a curiosidade e descobrir o resultado final. Mas você não precisa esperar até sexta. O usuário Adrián Bermúdez, do canal do YouTube ADRIANF1esp, criou vídeos para mostrar o super-realismo do simulador. Ele conversou com o Viciados e contou detalhes sobre as comparações. 
Adrián Bermúdez já 20 comparações (Foto: Divulgação)Adrián Bermúdez fez 20 comparações do simulador com a vida real e com outros jogos
Adrián Bermúdez, de 23 anos, é técnico de Informática. Apaixonado por Fórmula 1, há três anos, ele publica vídeos no YouTube que comparam Project Cars com outros clássicos: Assetto Corsa, Fórmula 1, RaceRoom e MotoGP são alguns exemplos. Além disso, Bermúdez já fez comparações do simulador com corridas reais. Mas o negócio começou a ficar sério em abril do ano passado, quando ele fez um vídeo do game no circuito de Laguna Seca, um autódromo de corridas que fica na Califórnia, nos Estados Unidos. Em poucos dias, o vídeo atingiu 1 milhão de visitas.
Bermúdez resolveu participar do financiamento coletivo para a criação do Project Cars quando assistiu aos primeiros gameplays do jogo em julho de 2012. Depois de contribuir, a cada primeira semana do mês, ele recebia uma parte do título com melhorias. Inclusive, nos últimos meses, ele revelou que as atualizações chegavam diariamente.
Grande quantidade de pistas e gráficos que se confundem com a realidade tornam Project CARS extremamente promissor (Foto: Reprodução/International Business Times) (Foto: Grande quantidade de pistas e gráficos que se confundem com a realidade tornam Project CARS extremamente promissor (Foto: Reprodução/International Business Times))
Para fazer um vídeo comparativo, primeiramente, Bermúdez estuda os movimentos feitos pelo piloto e como eles fazem as curvas. Depois, ele tenta imitar essa movimentação e a posição da câmera. Ele só começa a jogar quando a reprodução está perfeita. Os vídeos das corridas reais são pesquisados na Internet e no YouTube. A visão interna do cockpit do piloto Neal Venter, da Formula Gulf, se destacam. Por fim, a última etapa é editá-lo, sincronizando os dois vídeos, no programa Sony Vegas. 
Com o lançamento do game, Bermúdez acredita que as comparações não terão o mesmo impacto, já os usuários poderão comprar o título. Mas ele ainda está otimista: "Os novos vídeos vão precisar esperar pelo Project Cars 2." Além disso, para ele, Project Cars supera Gran Turismo, game exclusivo dos console PlayStation, que, por muitos anos, foi considerado o mais real já desenvolvido. 
Por ser da nova geração, o novo título, segundo Adrián, traz melhores gráficos, som e física. Por outro lado, ele também percebe diferenças entre os dois. A jogabilidade offline de Gran Turismo é muito completa. Além disso, as licenças e o modo de carreira oferecem um bom entretenimento. Mas ele diz que Project Cars também apresenta um modo de carreira bastante completo: o “Zero to Hero“. “A verdade é que desde o início eu achei semelhanças entre os dois jogos, Project Cars seria perfeitamente o novo Gran Turismo 7. Não é mais apenas uma batalha entre Forza e Gran Turismo”.